#pessoas

O Caminho até The Troubadour

Esta Banda é Nosso Verdadeiro Trabalho: The Show Ponies

O Caminho até The Troubadour

Quando a maioria das pessoas nos pergunta em que trabalhamos, nós dizemos “Fazemos parte de uma banda,” e a próxima pergunta lógica feita é, “Então qual é o seu verdadeiro trabalho?” Pelos últimos meses nós podemos dizer, “Esta banda é nosso verdadeiro trabalho.” Nós todos demos o importante e arriscado passo de deixar nossos trabalhos de tempo integral (alguns de nós com salários e benefícios de gente grande de verdade) para fazer deste conjunto de Americana-bluegrass-rock 'n roll fundado em L.A. nosso trabalho de tempo integral.

Este ano nós já rodamos mais de 15.000 milhas para fazer shows em dez estados e dois países. Nós dividimos o palco com grandes nomes como Rascal Flatts e arrecadamos mais de $20.000 para financiar nosso novo EP- “Run for Your Life.”

Mas mesmo com todas essas coisas legais acontecendo, esta aventura musical nos coloca no limite do conforto, estabilidade e da vida calculável.

Com toda a empolgação por conta do financiamento e gravação do nosso novo EP, nós queríamos ter certeza de que teríamos um show fantástico para estrear as músicas novas.  Nós estabelecemos uma data para a festa de lançamento:  24 de outubro.  Esta data iria coincidir com o calendário de lançamento do RP de nossa empresa, mas nós tínhamos um problema — anunciamos a data de lançamento antes de fechar com um espaço para realizar a festa.

The Troubadour em West Hollywood era o lugar ideal.  Nós estávamos os importunando por meses tentando marcar um show, mas eles sempre nos diziam “talvez.” Depois de discutir com eles até boa parte de Setembro, paramos de receber respostas para nossos e-mails e todas as outras locações possíveis já estavam agendadas. 

Ficamos assustados em ter que cancelar a data que havíamos anunciado e remarcar para uma data posterior a quando nosso EP já estaria disponível online.  Seria como se nossos fãs abrissem seus presentes de Natal antes do Natal.

Mas no dia 1º de outubro, dois dias antes da nossa turnê de outono, recebemos uma resposta do The Troubadour. Eles nos escreveram, “24 de outubro é de vocês.” Nós ficamos eufóricos! Mas nós tínhamos somente 23 dias para divulgar o show, e 18 desses dias estaríamos na estrada fazendo 17 shows em 7 estados diferentes.

Tivemos que projetar e enviar pôsteres, providenciar outras bandas para abrir nosso show, e divulgar muito a festa de lançamento do nosso EP — de dentro da nossa van de turnê, literalmente. Uma semana antes do show, perto do final de nossa turnê, nosso contato no The Troubadour disse, “Estou um pouco preocupado. Apenas 44 pessoas compraram ingressos para o show.” Uma mensagem não muito boa de se receber, levando em conta que o The Troubadour pode comportar 500 pessoas.  

Estávamos roendo as unhas de nossos dedos cruzados até a noite do show tentando divulgar e vender ingressos de qualquer maneira possível. As vendas de ingressos aumentaram dias antes do show, mas não o suficiente para encher o espaço. Finalmente, na noite da festa de lançamento o local estava lotado! Depois de apresentar 17 shows seguidos em turnê, estávamos mais afiados do que nunca e apresentamos nosso melhor show em um dos espaços mais históricos de L.A.

Quando as pessoas nos vêem em um show, elas nos vêem nos divertindo muito e mostrando nossos corações através de nossa música. O que eles não vêem é todo o trabalho que dá ser uma pequena empresa, móvel, auto gerenciada, além de ser artistas. Eles não vêem os riscos que corremos e as incertezas que superamos. Nós somos “The Show Ponies,” e por trás do show existem cinco pessoas que trabalham como cavalos que sabem que o show deve continuar independente do que estiver no caminho. Mal podemos esperar para ver o que o futuro nos reserva.

Da mesma forma que nossos fãs não sabem o trabalho que fazemos nos bastidores, nós não tomamos conhecimento dos produtos que usamos para fazer tal trabalho. toda vez que fazemos uma foto, vídeo ou gravação de áudio para criar conteúdo para nossos fãs, a informação é gravada em um cartão de memória. Nosso fotógrafo que tirou as fotos do nosso show no Troubadour, Caleb Ackley, confia na SanDisk também. Quando fazemos qualquer coisa em nossos computadores, estamos usando unidades de estado sólido (SSD). Estamos trabalhando o máximo para sermos uma referência na música Americana e a SanDisk nos ajuda a tornar isso possível.

História de: Kevin Brown




Pinterest Tumblr

SanDiskStorytellers

Os Narradores SanDisk são pessoas comuns que capturam suas memórias sempre que a oportunidade aparece.
Leia Mais

Qual foi o melhor show ou apresentação que você já assistiu ao vivo?



Compartilhe Suas Histórias Instagram

Use a hashtag #HistoriasSanDisk para uma chance de ser destaque neste site.

Inscreva-se para ofertas especiais!

Receba ofertas promocionais especiais e dicas de fotografia da SanDisk.