#ao ar livre

No Limite

Aventuras Radicais de Remo em Cachoeira

No Limite

Este é Jesse Coombs descendo a primeira queda de 96 pés de altura das Cataratas Abiqua no Oregon. Foi muito assustador fotografar já que a queda nunca havia sido feita com sucesso. O Jesse sobreviveu ileso e ficou em seu caiaque. Ele apenas teve uma compressão pulmonar, fratura de costelas e rompimento do manguito rotador.

O remador de renome internacional Rafa Ortiz desce a enorme Catarata Palouse de 189 pés de altura em Washington. Esta é a maior catarata já descida. Eu estava super apreensivo quando fiz esta fotos. Eu posicionei duas Nikon D800 à distância (ambas na horizontal) para mostrar o aspecto dramático da enorme garganta a fotografei com a D4 na vertical. Nós apenas vimos o Rafa na borda da cachoeira por uma fração de segundo antes de ele ser tragado por 20.000 PCS de águas turbulentas. Ele ficou submerso por cerca de três minutos, o que pareceu uma eternidade. Eu fiquei super animado quando ele reapareceu rio abaixo e não estava machucado.

Esta foto foi feita nas Cataratas Metlako com o remador Evan Garcia. A parte mais difícil desta fotografia foi chegar a este local na borda do penhasco que estava coberto por carvalho venenoso, ao qual eu sou mortalmente alérgico.

O Evan Garcia desce uma alucinante queda chamada Cataratas Upper Lewis no Estado de Washington. Eu fiz estas fotos com a Nikon D3X e a objetiva olho-de-peixe NIKKOR 16mm para efeito.

Este é a lenda Eric Jackson descendo de mais de 30 pés de uma ponte para águas calmas em Veracruz, México. Esta área é instável devido ao tráfico de narcóticos e guerras entre gangues.

O remador espanhol Aniol Sarrasolses não havia praticado o remo em três meses antes de entrar em seu caiaque e descer esta queda de 85 pés em Veracruz, México. Ele deu dois golpes com o remo e fez uma linda linha.

Rush Sturges mostrou por que é um dos melhores remadores do mundo em uma descida super técnica chamada Cataratas Lower Tomata em Veracruz, México. Eu fiquei feliz em ter a velocidade dos cartões SD SanDisk Extreme Pro e a 10.5 quadros por segundo da Nikon D4 para fazer com que essa seqüência realmente se realizasse.

Eu posicionei a Nikon COOLPIX AW100 com um cartão SD SanDisk Extreme Pro na proa do caiaque do meu amigo e programei o disparador automático. Depois de algumas tentativas, nós conseguimos esta foto e eu fiquei super empolgado!




Pinterest Tumblr

Lucas Gilman

Lucas Gilman fotografa esportes de ação pelo mundo de uma perspectiva radical.
Leia Mais

Qual é a atividade ao ar livre de maior aventura que você já experimentou?



Compartilhe Suas Histórias Instagram

Use a hashtag #HistoriasSanDisk para uma chance de ser destaque neste site.

Inscreva-se para ofertas especiais!

Receba ofertas promocionais especiais e dicas de fotografia da SanDisk.