#ao ar livre

Andando no Topo da Montanha

Caminhando pela Kepler Track na Ilha do Sul na Nova Zelândia

Andando no Topo da Montanha

No dia anterior à nossa viagem de 3 dias, nós chegamos à pequena cidade de Te Anau com uma previsão de chuva, mais chuva, e possivelmente um pouco de neve em lugares de maior elevação.

Na metade do nosso primeiro dia, as nuvens chegaram e logo atrás delas veio o tempo úmido. Eu não queria que minha câmera ficasse molhada, então eu tirei algumas fotos e guardei-a. Nós continuamos adiante e finalmente chegamos acima das árvores, mas não conseguíamos ver nada ao nosso redor neste momento.

Luxmore Hut estava a nossa espera adiante, onde passamos nossa primeira noite. Na grande área da cozinha, havia roupas molhadas penduradas nos canos acima da caldeira de calefação e todos estavam espalhados por mesas diferentes. Naquela noite, a guarda da cabana nos informou da possibilidade de neve na tarde seguinte e nos aconselhou a sair cedo, antes do tempo piorar. Acordamos cedo na manhã seguinte e saímos para o nosso dia de 9 milhas.

Durante as primeira horas, não conseguíamos ver muito ao nosso redor. Era difícil dizer para que direção estávamos indo, mas parecia que era muita subida e novamente descida muitas e muitas vezes. Perto do final de nossa travessia da montanha, as nuvens se levantaram um pouco e nós finalmente ver de relance onde estávamos. Era de tirar o fôlego. Nós realmente estávamos andando no topo de uma montanha o tempo todo - nada além de morros íngremes dos dois lados da trilha. Ainda que as nuvens só colaboraram por um minuto, vai ser uma lembrança que vou ter para sempre.

Cerca de 45 minutos depois, saímos do topo da montanha e estávamos cercados por uma densa floresta tropical. Foi uma mudança tão drástica de onde estávamos há pouco que não pareceu real. Uma vez que as coisas secaram um pouco lá embaixo, eu pude tirar minha câmera novamente e mantê-la ao meu lado.

Noventa e sete viradas depois, chegamos à nossa segunda cabana. Esta área tinha um pouco de luz quente do sol, então nos sentamos por uns momentos e descansamos nossas pernas. Seguimos em uma pequena caminhada até a Cachoeira Iris Burn para fechar nosso dia de forma relaxante. Nosso último dia foi o mais longo, com quase 14 milhas de caminhada. Para nossa sorte era muito mais plano, então o tempo passou bem rápido. Nós andamos por florestas abertas, pela praia, e finalmente cruzamos uma enorme ponte móvel que significa o final da Kepler Track.

Voltando a pensar nesta trilha molhada e fria, eu a faria de novo sem pensar duas vezes (com esperança de que seja com tempo melhor).

 

 




Pinterest Tumblr

Greg Balkin

Greg tem sua câmera ao seu lado e adora captar histórias completas. Ele se dedica à fotografia de casamentos e aventuras.
Leia Mais

Para onde você já foi como mochileiro?



Compartilhe Suas Histórias Instagram

Use a hashtag #HistoriasSanDisk para uma chance de ser destaque neste site.

Inscreva-se para ofertas especiais!

Receba ofertas promocionais especiais e dicas de fotografia da SanDisk.